quarta-feira, 20 de maio de 2009


Estou à espera do momento certo para florescer e me sentir de novo uma mulher.
Me sinto uma rosa sem cor, e aguardo pelas cores que irão um dia colororir as pétalas dos meus dias
E lá no meu mundo do meu jardim, fico a espera de um jardineiro que vem tratar e cuidar de mim protegendo-me e ajudando-me a superar dias de chuva, dias com menos sol fazendo-me aprender a usar meus espinhos contra quem me magoa e com isso evitando ferir-me a mim mesma.

Um comentário:

J.R disse...

tal qual a lottus!

ótima semana.