sexta-feira, 5 de junho de 2009

ME PERDOE

Não leve tão a sério o que eu disse
só queria que me ouvisse
de repente me descontrolei e gritei
faço isso para chamar sua atenção
para que olhe para mim,

veja que eu existo
às vezes me sinto só, desamparada
e preciso que você me ouça, me enxergue
Eu sei acostumei-te a me ver de um jeito tão bonito
tão doce, tão suave... que não suporta quando eu grito

mas é verdade tudo que te falei precisava dizer...
Não queira que eu seja como manda o figurino, às vezes me descontrolo

não me castigues como a uma criança, só gritei mais forte meu amor
para que me ouvisse e


ver que eu to aqui do seu lado
que eu existo e preciso do seu carinho,
sua atenção e se tiver amor me dê
eu preciso tanto...
Faz de conta que não se importa
abraça-me,
esquece tudo, fecha a porta diz que me queres
por favor perdoe meu jeito
sei que vai me compreender
Então apaga tudo que eu disse e vamos ficar numa boa
tente entender o que vai no meu coração, na minha alma...

Chega mais MOR ... quero você sempre junto a mim

3 comentários:

J.R disse...

Brigadão pelas visitas.
Obrigado pelo apelido tbm..rs.

Agora em relação ao "Me perdoe".

Já tive uma história indêntica, que não terminou como queríamos, por causa, um pouco, disso.

ótimo FDS. E mais uma vez obrigado pelas visitas ao Phalador.

J.R disse...

Poxa! Era vc ao telefone? Desculpa! Mas não quis atender..rs..quero assim.

Atender...ou não....rs.


bjss!

Anônimo disse...

Parabéns escreves mt bem